Que bom é ter um Amigo

carta

E de repente uma nuvem de pó
Escurece a luz da minha alma
Na sombra vejo que não estou só
A tua presença tranquiliza e acalma.
Limpas o choro das minhas mágoas
Ofereces-me o teu tempo
Em silêncio estendes a tua mão
A tua voz ouve-se na tua expressão.
Que bom é ter um amigo
Que nos acolhe e dá abrigo
Sabe estar quando é preciso
Partilha a dor da minha dor
Transmite afeto e dá amor.
E de repente o sol volta a brilhar
Obrigada por me fazeres acordar
De abrir os olhos e olhar
De sair das margens da solidão
E remar rumo aos desejos
Que habitam no meu coração.
As flores do jardim voltam a florir
A paz adormecida a eclodir
Que bom é ter um amigo
Que não me deixa desistir.
E antes que seja tarde
Vou levantar os braços e lutar
Alimentar a nossa amizade
E bons momentos partilhar!