Presente

Pousei o amor devagar

Embrulhei-o juntamente com a saudade

Escrevi o endereço para até ti chegar

Dando ao vento a liberdade

De escolher o melhor lugar

Para contigo se encontrar.


O meu peito bate insatisfeito

Desassossega o coração

Ansioso este meu jeito

De querer receber notícias da tua missão.


Desliza na minha pele o amanhecer

E o pensamento parece já não querer colher

Senão o que trazes para me dizer…

4 thoughts on “Presente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.