Fragmentos

Interrompo os pensamentos

Sem saber formatar os sentimentos

Descrevo-me em palavras

Umas vezes certas

Outras tantas desarticuladas

Sou como o sorriso que amanhece

Tímido,

E no ventre do sol espairece

Guardo no dia silêncios

De segredos e conversas caladas

E enfeito-me de gestos

Que se desprendem do coração

Sem serem ensaiados

São olhares acesos

Fragmentos

De mim…

10 thoughts on “Fragmentos

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.