…Caminho…

Nem sempre me acompanho

Por vezes o caminho excede o tamanho

Sinto que o tempo me leva e não me traz

Alimento os sonhos sem saber se sou capaz.


Sentido é o olhar que abre a minha alvorada

Silêncio é companheiro na minha jornada

Não temo não ter a certeza de nada

Mas quero ser eu e não viver disfarçada.


E se hoje me sinto desencontrada

Não tarda virá a madrugada

Amanhã estarei de cara lavada…