Simplicidades…

flower-power-2361998_1920

E o silêncio trouxe
O murmúrio do mar
O tanto que ele quer segredar
Enquanto passa o tempo
A ir e a voltar como se estivesse ainda a despertar.
A manhã nasce neste silêncio
Traz consigo a serenidade
Um respirar de frescura,
O abraço entre os pássaros que afinam o chilrear
O sorriso das flores a desabrochar
O veludo das pétalas como seda de uma pele prestes a tocar
A fragrância que envolve o olhar faminto por um beijo desejar
Instantes que cobrem de encanto o corpo acabado de acordar.
Entre o murmúrio do mar e o silêncio da manhã a acontecer
Visto-me com gestos de simplicidade
Não sei mudar de moldura
É este o ser do meu ser.

Abrir a porta ao dia !

wisteria-4911412_960_720

E das tantas vezes que abri a porta
Nunca o dia me atraiçoou com sua cor
Hoje balbuciou a tristeza de uma noite morta
Atingida por um pesadelo preso na dor.

Descortinou o tom acinzentado do céu
Assim que o relógio bateu na madrugada
Depressa estendeu a cor da manhã como um véu
Deu ao dia a rotina por todos nós esperada.

As horas percorriam o mesmo caminho
As cores assentavam no mesmo lugar
O dia ensoalheirou, mas suspirava sozinho
O quanto desejava poder a noite abraçar.

Vestem a cumplicidade de uma amizade
Exposta entre o amanhecer e o anoitecer
Entregam-se sem quebrar a liberdade
De dar aos anos, aos meses e aos dias ser.

Nem sempre o dia é de alegria
Mas felicita-nos com a sua companhia
Todos os dias se abre para o dia!

São Beijos…

butterflies-4369203_960_720

Importa sentir os beijos
Que caem na pele como desejos
Acordam a memória da alma
Revestem o corpo de calma
Suavizam a vontade entre ir e ficar
Remédio que faz o coração sarar
Palavras ditas com o olhar
Que os lábios deixam tocar
São beijos!

De coração!

heart-1192662_1920 (1)

Enquanto procurava a minha liberdade
O meu coração pulava de felicidade
Sabia que tínhamos o mesmo destino
Respirávamos a mesma paixão
Donos de uma grande emoção
Contudo,
Por vezes eu não lhe dava a devida atenção
Ainda assim,
Nunca abdicou da sua dedicação
Ao viver dentro de mim
Mostrando-me sempre a sua lealdade
Querendo que eu fosse feliz de verdade!
De coração…