…Talvez se viva assim…

 

valentine-3996439_960_720

Perdi sonhos
Encontrei caminhos
Escolhi sentidos
Destinos descomprometidos
Que me levaram a fazer amigos
Inventei lugares
Entre fases de luares
Chorei mágoas
Vivi difíceis despedidas
Costurei feridas
Plantei flores
Alimentei amores
Recomecei sempre que errei
Escrevi palavras que criei
Tremo a cada respirar
Amadureço por tanto te amar
Empresta-me um pouco de ti
Guardarei no melhor de mim
…Talvez a vida se viva assim…

Descobrir

dmitry-bayer-744523-unsplash

 

 

Pouso o silêncio
Calam-se as palavras
Ouço o eco profundo
Que transporta o pensamento
E agita o corpo como o vento
No desnudar da minha pele
Surge um grito de chamamento
Um apelo a descobrir
O rasgar que vem de dentro
O que o olhar não consegue ver
Apenas a alma no seu entender
Dá a conhecer,
Serei eu capaz de te mostrar?

…entre voos…

spring-179599_960_720

A vida passa pela espessura
Que cobre as paredes dos dias
O tempo espreita pela ranhura
Por onde os anos atravessam
Levando as horas pelo caminho,
E neste vai e vem constante
Esvoaçamos como pássaros
Num bater de asas
Contra a corrente do tempo
Para quebrar a fechadura
Levantar voo e voar
Criar pouso e repousar!

Para amar

kawin-harasai-221616-unsplash

Se eu soubesse da tua visita
Tinha pedido ao sol para brilhar
Às flores para desabrochar
E em vez do meu vestido de chita
Cobria-me com a tua cor favorita.

Se eu soubesse da tua chegada
Tinha escondido o rosto da saudade
Para que me pudesses ver de verdade
E em vez de a casa estar vazia e fechada
Ousaria estar iluminada e perfumada.

Ainda assim, queria que soubesses
Que o meu olhar não para de brilhar
O coração atropela-se para te abraçar
Feliz por teres voltado ao lugar
Onde um dia o amor nasceu para amar.