Entre pontos…

frank-mckenna-135725-unsplash

Os sentidos acusam-me
Denunciam o sentir
Do meu existir.
Mostro todas as linhas
Que me cosem,
O tecido que a pele tece
Letra a letra
Linha a linha
O fio que me prende à vida.
Dou sentido aos sentidos
Para que não fiquem rendidos
Aos pontos desprendidos!