Neste verão…

beauty-655958_960_720

Sinto o cheiro a terra molhada
Os salpicos de chuva que caem no chão
O rodopiar do pó que penetra nos poros
A pele suada pela brisa quente de verão.
Silhueta despida que voa em liberdade
Esvoaçando sem presa, figura ousada
Cruzo o olhar enquanto desço a calçada
Sedenta pela frescura da aragem do mar
Aliada ao tempo, com tempo para apreciar
O melhor que o dia tem para me dar.
Sigo o rumo das gaivotas
De sorriso rasgado pelo vento
A retina enamorada pelo momento
Enquanto gotas perfumadas de intenso sabor
Deslizam sobre o corpo rendido ao calor.
Já sinto o cheiro a maresia
Avisto os corpos a bailar nas ondas
Embebidos em espuma e água salgada
Espelhando o brilho dos bronzeados
Outros plantados na areia cintilante
Entre conversas, jogos e brincadeira
Um pé na água, outro na espreguiçadeira.
Tenho o sol tatuado na pele
O olhar preso no azul do mar
Das mãos soltam-se os sonhos
O coração transborda de paixão
Quero mergulhar contigo neste verão!

 

Não sei o que é a poesia

hyacinth-1354489_960_720

Não sei o que é a poesia
Desconheço a matéria que é composta
Linguagem inexplicável que se gosta
Tela viva de sentimentos e melodia.

Fervilhar de emoções em verso
Palavras enfeitiçadas em poemas
Sentidos que se cruzam em temas
Fragmentos espalhados pelo universo.

Não sei o que é a poesia
Será uma fragância da literatura
Uma viagem sem fim pela cultura
Palavras despidas envoltas de ousadia.

Espantosa a realidade que me chama
Sentidas as palavras que prendem o olhar
No silêncio da alma há poemas a segredar
No coração solta-se a voz para os proclamar.