Identidade

poem-1104997_960_720

Sem sentido nas palavras
Sem rumor de movimento
Dou comigo deslumbrada
No meio da encruzilhada
Por cada rima pronunciada.
Perdida no meu labirinto
Nas amarras que encontro em cada verso
Fascinada neste mundo faminto
Aos poemas que me prendem a este universo.
Com identidade suspeita
Por não pertencer a nenhuma seita
Rendo-me à arte de criar em liberdade
De dar asas a esta minha vontade
Que foge para além da realidade.
Algo voa intensamente no meu pensamento
Sinto cada palavra como um momento
Agarro no papel com afinco e alento
E transporto de dentro para fora de mim
A voz que habita na minha essência.
Mostro o espelhar da minha alma
A moldura da minha aparência
O silêncio dos poemas que acalma
E ilumina a minha existência.

Para ti…

heart-816470_960_720

Ao amanhecer
Acordo com prazer
Dentro do teu olhar
Sinto o que é amar
Na tua partida
Choro a despedida
Na tua chegada
Tento ser ousada
O teu abraço
Diminui o espaço
Ao teu sorriso
Junto o meu riso
Na tua cama
Sou quem te ama
No meu coração
És a minha paixão
No teu dia
Sou a tua companhia
No meu sono
És o meu sonho
Ao teu amor
Ofereço Amor.

Ter tempo no tempo

watches-943399_960_720

Quero ter tempo no tempo certo
Viver a tempo de ser quem sou
A cada instante viver um sonho
Não olhar para o tempo que já passou.
O meu relógio não tem horas
Tem ponteiros que adoçam a vida
Entre as esperas que vivo sem demoras
Aprecio o dia de cada dia agradecida.
Corro no tempo para ter tempo para ti
Perco-me no encanto do teu sorriso
Faço do meu tempo um paraíso
Conto o tempo que me foi dado
Com prazer de estar a teu lado.
Não quero ter pressa na hora de amar
Não quero ter horas para contigo estar
Quero ser vadia no teu coração
Viver no tempo com tempo sem ilusão.
Mergulha no olhar dos meus olhos
Descobre que o tempo os iluminou
Ganharam cor com o tempo que contigo estou
Olham em frente, não para o tempo que não voltou.