Outono

outono

Caem as folhas
Rodopia o vento
Na magia do movimento
Um tapete de cores
Cai por terra parecendo flores.
Caem as folhas
O céu escurece
O brilho do dia esmorece
As árvores ficam despidas
As esplanadas menos apetecidas.
O verão abandona o seu trono
Eis a chegada do outono!
Traz a chuva e o frio
O tiritar que nos provoca arrepio.
O Cenário é perfeito para partilhar
O conforto quentinho do lar
Ouvir o estalido da lenha a queimar
Enquanto se sente o calor dos corpos a arfar.
Sabe bem um bom vinho degustar
E a tua companhia apreciar.
Caem as folhas…