Cai a noite

night-361362_640

Cai a noite
Brilha a lua na escuridão
No silêncio dos sentidos
No refúgio da solidão
Não só, mas sozinha
Relembro os momentos vividos
No diário da nossa união.
Há momentos a esquecer, dias difíceis de reviver
A autenticidade está na capacidade de escolher,
Pois entre o perder e o vencer
Está a felicidade de querer viver.
Quero ver o novo dia nascer
Deixar penetrar a luz do amanhecer
Sentir a penumbra desaparecer.
Convidar o sol a entrar
Mergulhar no conforto que é acordar
E a teu lado poder estar.
É dia, vamos festejar
A emoção e a vontade de partilhar
O quanto é bom amar!