… Entre Sonhos …

dream-2924176_960_720

Quando o meu olhar
Pisa a vontade
Que tenho em chegar
Onde os sonhos me deixam sonhar
Não há ponto que ponha fim
Ao que habita dentro de mim…

Anúncios

As horas da noite

lamp-2903830_960_720

Senti que me perdi
Na fragrância da noite
Que se mostrava fria
Opaca e vazia
Entre janelas desabitadas
E ruas desordenadas,
Dormitavam as palavras
Nuas e cruas
Como se estivessem apagadas,
Conto as horas da noite
Para depressa o dia chegar
E as palavras acordar
Gosto tanto de as ouvir falar…

Rotina dos dias…

debby-hudson-563666-unsplash

Todos os dias olho para o céu
Todos os dias me parece igual
Ainda assim,
Sinto que por vezes me entristece,
Repleto de nuvens quando amanhece
Há dias em que mostra um sorriso
Colorido no rosto,
Satisfeito e bem-disposto.
O meu olhar estende-se no seu olhar
O que me leva a reparar
Que estando sempre no mesmo lugar
Vive os dias sem os igualar.
Todos os dias olho para o teu olhar
Tendo o céu por perto a acompanhar
Ainda assim,
Todos os dias gosto de te amar.

 

… Sinfonia …

vinyl-2786526_960_720

A pele entrega-se ao vibrar
Os poros deixam-se arrepiar
E as palavras escorregam
Pelo compasso de tempo
Que faz as notas tocar.

Do coração saem histórias
Letras que desafiam memórias
E o corpo agarra-se à melodia
Que entranha na alma
E faz deste sentir uma sinfonia.

Tal é a vida
Um concerto de sentimentos!

Guardo-te em mim

letters-566562_960_720

Albergo no meu olhar a promessa, a vontade de manter no espaço da minha existência, uma porta sempre aberta para que o nosso sorriso continue a encontrar-se e o meu coração ficará entreaberto para guardar o aroma da tua voz e acolher os beijos que os nossos lábios abraçam quando se sentem sós.
Na imensidão deste labirinto, onde o pensamento por vezes se afunda, imerge o retrato da profundidade de um corpo que navega certo de querer ancorar no lugar onde o horizonte se cruza com o mar e onde os nossos mundos se possam entrelaçar.
Cabe agora em mim, não só o amor que me faz amar, mas também a liberdade para gastar as palavras com este sentir…é para ti que escrevo.
Albergo no meu olhar a promessa de ser porto de abrigo…
Guardo-te em mim.

Não sei…

lighthouse-945489_960_720

Empresta-me um pouco do teu rumo
Não sei que direção tomou o meu
Não sei se me esqueci
Ou se me desorientei
Não sei se para trás fiquei
Ou se me adiantei
Não sei…

Só me recordo
Que do tanto que corri
E do muito que caminhei
Entre os dias que comigo levei
E por todos aqueles que passei
Temo que a vida não apanhei
Empresta-me um pouco do teu rumo…

Sonhar, Amar e Voar…

woman-3795636_960_720

Gosto de sentir o sono chegar
Abro a janela
Para os sonhos poderem entrar
Caminho pela noite dentro
Em histórias que me vêm buscar
Andamos de lugar em lugar
Cúmplices da escuridão,
Desembrulhamos o coração
E as palavras seguem o luar
Despidas e soltas
Como se fossem estrelas
A brilhar de tanto amar…

Estremeço com o amanhecer
Mas o olhar ainda sonha
Fecho a janela
Para o dia não levar os sonhos
Que guardo para te contar
Sinto que a vida passa a voar
Como se fossem estrelas a brilhar…

 

…Tons de Amor…

hands-4005842_960_720

Visto o corpo
Carregado de pensamentos
Em tons acinzentados,
Pesados como tormentos
Que prendem os movimentos
Deixando o pulsar dormente
Enquanto o olhar se refugia
Carente,
Hibernado em lágrimas
E só enxuga a angústia
Quando sente as tuas mãos
A despir esta pele do meu corpo
E a reveste com uma nova cor
Em tons de amor.

Enquanto somos vida…

jeremy-thomas-75753-unsplash

Enquanto aguardo ver-te chegar
Soletro o tempo para que passe devagar
Vejo o dia a caminhar para o mar
Como se lá se fosse aconchegar.

Enquanto aguardo ver-te chegar
Vou tecendo abraços para te dar
Guardo uma réstia de sol no olhar
Para que sintas o dia sem ele findar.

Parece que tudo avança em segredo
As flores escondem-se e deixam de florir
O vento acelera o passo e decide partir
As portas fecham o dia para este dormir.

Soa no meu rosto a dor de não te encontrar
Sei que a saudade não te faz voltar
Quase levaste o meu coração para esse lugar
Mas a vida ainda me chama para continuar.

Um dia vou ver-te chegar…

 

Primavera!

spring-3347189_960_720

Agora que a primavera chegou
E o inverno já se sente recolhido
O corpo inverte o sentido
Rumo à nova estação
Onde o coração se veste de cor
E a pele floresce
Como se fosse uma flor.

Agora que o inverno acabou
E a primavera já se instalou
O olhar despe-se do frio
Abriga-se na beleza
No toque do perfume verdejante
Que o oficio da natureza
Espalha numa simbiose radiante.

Uma doce leveza se plantou
Dentro de mim
O amor despertou
Agora que a primavera chegou…