Fui indicada para ” The Mystery Blogger Award”

mystery

Olá!

É com alegria e entusiasmo que recebo a nomeação do meu blog para o “Mystery Blogger Award” pela escritora do blog Café Amor e Poesia , que desde já felicito, porque apesar de ter descoberto este blog recentemente, gosto do modo como escreve e, de certa forma, identifico-me com alguns dos seus posts. Parabéns!

Sinto-me duplamente feliz, até porque acredito que coisas boas atraem coisas boas, é com muito agrado que recebo a nomeação também do escritor Sandro do blog panografias.
Considero o Sandro, um Senhor. Acerta nas palavras e a forma como escreve transmite tranquilidade e ao mesmo tempo sensibilidade. Parabéns!

O meu agradecimento aos dois!
É muito gratificante quando nos dedicamos a fazer algo que nos completa e satifaz e ainda conseguimos transmitir a nossa mensagem e tocar no coração das pessoas com quem partilhamos o nosso trabalho.

O Mystery Blogger Award é um prémio para blogueiros incríveis com postagens engenhosas. Seu blog não só cativa; ele inspira e motiva.
Eles são um dos melhores e eles merecem todo o reconhecimento que eles conseguem.
Este prémio também é para blogueiros que acham diversão e inspiração em blogs e fazem isso com tanto amor e paixão”. (Okoto Enigma)”

 

Essa indicação possui as seguintes regras:
Colocar o logo/imagem do prémio no seu blog;
• Listar as regras;
• Agradecer a quem o nomeou e fornecer um link para seu blog;
• Mencionar o criador do prémio;
• Descrever três coisas sobre você;
• Nomear até dez pessoas;
• Notificar os seus indicados comentando no seu blog;
• Pedir aos candidatos que respondam a cinco questões de sua escolha, perguntas estranhas ou engraçadas;
• Compartilhe um link para sua melhor postagem.

Dou a conhecer 3 aspetos sobre mim

  • Adoro ir ao cinema, dos muitos filmes que já vi, tenho alguns preferidos e um deles é “Amigos Improváveis” um filme francês, com um enredo muito interessante, dramático e ao mesmo tempo divertido e cuja banda sonora pertence a Ludovico Einaudi, que já tive o privilégio de ouvir num concerto, algo inesquecível.
  • Sou um pouco tímida, e desde cedo, me refugiei nas palavras para comunicar. Durante a minha adolescência tinha um diário que batizei de “Elisabete”, era a minha melhor amiga!
  • Não sou apaixonada pela cozinha, aliás acho que dispensava este compartimento em minha casa….Estou a brincar! (Adoro a comida da minha mãe).

Respondendo às questões das 2 nomeações

  Café amor e poesia

1.Se pudesse viajar pra qualquer lugar do mundo, com direito apenas de ida, quem levaria junto?

Acho mesmo que ia sozinha. Se os que amo são felizes aqui, não teria o direito de lhes retirar essa felicidade.

 2.Costuma ficar em casa com roupas surradas?

Bem, tive que consultar o significado da palavra “surradas”, confesso que desconhecia! Em casa gosto muito de usar roupa prática, e andar à vontade. E, sim, tenho algumas roupas surradas porque quando gosto muito de uma peça não me desfaço dela com facilidade.

3.Comeria algo que não gosta, só pra agradar a pessoa amada?
Penso que Sim…

4.Qual a maior gafe que já cometeu?
Não sei se foi a maior, mas ficou na memória, pelo embaraço… Foi estar à conversa com um senhor, já com uma idade avançada,que estava acompanhado de um menino pequeno e eu felicitei-o, dizendo-lhe que tinha um bonito neto, respondendo-me que não era neto, mas sim filho …

5.Pra você felicidade é?
É estar de bem com a vida, respirar paz e tranquilidade.

Panografias

1. Se existisse um livro comestível você o emprestaria para alguém ler para depois come-lo? Qual o sabor de preferência.

Emprestaria a alguém muito especial. O sabor seria sem alguma dúvida de Amora.

2. Qual o lugar mais inusitado você escolheu para ler um livro até hoje?

Bem …. Devo ser muito previsível ….num recanto do jardim.

3. Você já leu algum livro que faltasse alguma página no final? Qual?

Não, nunca aconteceu…. Até porque, acontece muitas vezes espreitar o final da história durante a leitura, logo iria notar….

4. Você já leu ou recitou uma poesia completamente nu, olhando-se no espelho?

Nunca experimentei !!!

5. Com quantos livros se faz uma biblioteca?!

Com todos os que acharmos interessantes. A minha é feita de diversas escolhas.

 

Listo os meus nomeados

patriamarga.wordpress.com
poemasempretoebranco.wordpress.com
mararomaro.wordpress.com
poetadagarrafa.wordpress.com
Felipeabras.com
thekudzainme.wordpress.com
andersonbdot.wordpress.com
sentidoemocional.wordpress.com
poesiasecia
prosasecafe

As minhas perguntas para os nomeados

1. Se tivesse que escolher um único adjetivo para a/o caracterizar, qual seria?
2. O que a/o deixa feliz logo pela manhã?
3. Amanhecer ou anoitecer?
4. Imagine uma frase usando as palavras “Cumplicidade” e “Amizade”, qual seria?
5. Alguém lhe oferece uma viagem. Que país escolheria para visitar?

O meu melhor post

Um pouco difícil de escolher e até nem sei se será o melhor, contudo será o que melhor me descreve “ o meu retrato “.

https://essenciadapoesia.wordpress.com/diwar-benn

 

Espero que disfrutem da nomeação, foi feita com admiração e carinho pelo vosso trabalho.

Desejo que fiquem bem!
Beijos e abraços

Fernanda Leal

Terra Mãe

environmental-protection-326923_960_720

Sento-me a teu lado
Terra que me acalma
Respiro o ar que o teu cheiro emana
Envolvo-me nas tuas cores
Deleito-me na profundidade das tuas águas
Que me lavam as dores e as mágoas.
Como é forte a tua semente
Que brota sobre a gente
Num manto de agasalho
Protetora natureza
Como é possível destruírem a tua beleza?

Terra que me acalma
Sinto a leveza do teu amanhecer
Acordo com o silêncio do teu orvalho
Faço-te companhia
Nas noites que teimo
Ver-te adormecer.
Ofereces-me tanto
Que do tanto que tenho
Não te sei agradecer.

Terra que me acalma
Piso a firmeza do teu chão
Sem sentir a dor da compaixão.
No teu vento esvoaçam beijos
Sons tecidos como desejos
Que prendem o céu ao mar
Onde o tempo parece parar.
Embriagada com a tua pureza
Protetora natureza
Quantas vezes te fazem sofrer
No planeta que temos para viver.
Terra Mãe.

Quero ter tempo

apple-2037883_960_720

Repouso o pensamento
Como se estivesse a voar
Subo bem alto
Até as estrelas tocar.
Lá em cima não há pressa
Não há horas a passar
Nem conversas a despachar
O tempo passa devagar
Tudo se pode apreciar!

Aterro o pensamento
Num falso acordar
Olho para o tempo
Como se estivesse a sonhar.
Parece que as horas
Entraram em estado de ebulição
Fervo em tanta agitação
Como recuperar o tempo
Será o descanso em vão?

Liberto-me
Fujo e levo o pensamento
Para longe, bem longe
Onde o tempo não me aviste
Quero sonhar, quero aquietar.
Sei lá!
Quero ter tempo
Para simplesmente pensar
Para sobretudo me amar.

Fui indicada para “The versatile blogger award”

sem nome

Recebi com agrado esta agradável surpresa! Desde já muito obrigada Alda M S Santos do blog vidaintensavida.wordpress.com
Aceito este desafio “ The versatile blogger award”, pois é um enorme prazer partilhar convosco algo que me satisfaz e me preenche.
Aprecio o que escreve e é com muito gosto que sigo o seu blog, não poderia nunca deixar de a nomear, ainda que para si já não seja novidade. Parabéns pelo seu trabalho!

Seguindo as regras:
– Indicar outros blogs para o prêmio Versatile Blog Award
– Escrever 7 coisas sobre si no final do post
– Dessa maneira os indicados contribuem com a premiação e reconhecem os blogues que estão se destacando pelo conteúdo interessante na blogosfera. Os indicados devem ser avisados por nós da indicação recebida.

Listo alguns dos blogs que considero interessantes, alguns deles descobri-os há pouco tempo, mas valem a pena seguir.

discretamente.wordpress.com
céliamoura.wordpress.com
escreversonhar.wordpress.com
ranchodoperegrino.wordpress.com
anadelourdes.wordpress.com
vidaintensavida.wordpress.com
sentidoemocional.wordpress.com
mochileirodopensamento.blog
bloguluicre.wordpress.com
andersonbdot.wordpress.com
poetadagarrafa.wordpress.com
ohfoisemquerer.wordpress.com
panografias.com.br
textosdepoesia.wordpress.com
desvaneiosdalua.wordpress.com

E falando um pouco mais de mim…

– Das muitas palavras que escrevo, ainda não dei a conhecer que trabalho como administrativa numa empresa ligada ao fabrico de calçado. É muito interessante descobrir o processo produtivo desta área e desenvolvi uma paixão enorme pelos sapatos. Tenho uma grande coleção, confesso!

– O meu blog surgiu como um presente do meu marido, achando que devia partilhar o que escrevia não só com ele, mas com outras pessoas. Tudo o que até então escrevia estava guardado na minha caixa de Pandora. Obrigada, Paulo, por esta ideia fantástica!

– Dou grande importância aos afetos, sou feliz com o meu marido e com o nosso filho, o Gonçalo, que é um bom menino.
Dividimos o nosso espaço com o Bart, o nosso cão, que é um grande mimalho.

– Descobri recentemente o gosto pela jardinagem. Funciona como uma terapia para mim, adoro tratar do meu jardim e cuidar das minhas flores e plantas.

– Vivo à beira mar numa recatada, mas inspiradora praia no norte de Portugal.

– Para além de caminhar bastante e das muitas caminhadas em família, também pratico cycling.

– Dedico algum do meu tempo à leitura dos poemas e textos dos blogues que sigo e aprecio descobrir novos escritores. É delicioso mergulhar em tanto talento!

Na expetativa de não quebrarem o desafio.
Desejo que fiquem bem!

Beijos e abraços
Fernanda Leal

Enlace

path-2041414_960_720

Que a essência do nosso olhar
Não deixe de brilhar
Que o bater do coração
Não deixe de acelerar
Que os nossos caminhos
Não deixem de se cruzar.

Que os nossos sentidos não adormeçam
Que o silêncio não nos afaste
Que as nossas promessas não se quebrem
Que os sonhos não se atropelem
Que a nossa cumplicidade não se desgaste.

Que as palavras nos adocem
Que os abraços nos agasalhem
Que a felicidade nos contamine
Que a tranquilidade nos visite
Que o amor nos ilumine.

Fragmento de momentos

date-62740_960_720

Já vivi momentos que não senti
Já desejei viver o que nunca vivi
Já carreguei sentimentos
Que de tão pesados
Foram descarregados
Em lamentos.
Já senti a sociedade
Prender-me a liberdade
Pelo limite de igualdade
Que colide com a realidade.
Já amei um amor
Com todo o meu fulgor
Depositei nele a minha essência
Que não foi suficiente
Para cobrir a metade ausente.
Já conheci gente
Que ainda hoje reconheço
Que desconheço.
Não uso armas de cobardia
Não sou heroína em hipocrisia
Não sou um muro de lamentações
Das minhas lamentações.
Relato emoções
Eco de reflexões
Fragmento de momentos….

Cumplicidade

girl-2194378_960_720

Era um dia igual a tantos outros
Pela frente o caminho
Que tantas vezes percorri
De mãos dadas com a vida
Mas só hoje me apercebi
Da cumplicidade entre as folhas
Que cobrem o chão
E o desabrochar das flores
Que pintam a terra de cores
Numa simbiose de amizade
Onde os ventos espalham
Fragância de liberdade!

Tal como a natureza
Que se veste de beleza
Também eu me entrego à nudez
De um corpo coberto de sonhos
E comigo levo a leveza
Das escolhas que escolhi
De braços abertos para a vida
Num sopro de simplicidade
Cruzo o olhar com os caminhos
E numa ingénua cumplicidade
Roubo às palavras a ousadia
De ir espalhando poesia!

Entre nós…

bag-gypsofilia-seeds-1716747_960_720

Entre nós
Estou eu e tu
Entre o que nos une
Está a cumplicidade
Entre a luz e a escuridão
Está o caminho
Entre o sonho e a realidade
Está a vida
Entre o desejo e a paixão
Está a imaginação
Entre o longe e o perto
Está a convicção
Entre o ontem e o amanha
Está o presente
Entre o início e o fim
Está a essência
Entre o querer e o ter
Está o ser
Entre eu e tu
Está o que nos faz viver
O Amor.

Uma história colorida

2b5d46b3de5d4ee515a7f671c139253c

Resolvi pincelar o dia
Numa história de cor e magia
E aproveitar para vos mostrar
Uma tela da minha autoria.

Entre tintas e pincéis
Procuro a cor da alegria
Talvez o amarelo
Luminoso e pleno de energia.

Desenho papoilas e margaridas
E nelas pinto a tranquilidade
Escolhi o verde como tonalidade
Inspira-me confiança e verdade.

De azul pinto o céu
Com o sol a brilhar
Majestoso mostra o seu véu
E a profundidade do seu olhar.

De vermelho pincelo a força do amor
Aquela que com o seu fervor
Traz vida ao coração da donzela
Retratada suavemente nesta aguarela.

Para vos mostrar tal beldade
De lilás vinco a personalidade
Sobressaindo a sensualidade
E os traços finos de vaidade.

Termino esta pintura
Com várias cores à mistura
Pois só assim identifico
A textura da minha assinatura…

Viagem

field-175959_960_720

Tão depressa avanço como recuo
Por vezes perco-me no trilho
Até recuperar o sinal de orientação
Aquele que me dita o sentido
E dá voz ao coração.
Tenho o corpo vestido de vida
E enfeitado de sonhos
Faço dos dias uma viagem
Para descobrir quem sou
E para onde vou.
Cada estação é local de paragem
Sacudo o cansaço e respiro o silêncio
Que o olhar absorve de cada paisagem.
Não existe longe
Quando a razão dita a distancia
No brilho de cada amanhecer
E na crescente vontade de viver.
O longe se torna perto
O caminho liberto
No esculpir de cada palavra
Tatuo a minha marca
Não só do meu caminhar
Como da força do amor
Que me faz continuar…